Em Assu: Deputado exonera filha de vereadora e arranja "inimiga" para 2022

O clima político na cidade de Assu anda em alta temperatura após o deputado George Soares, do Partido Liberal, juntar forças com um correligionário para obter o comando da Câmara Municipal da cidade.

O problema que é que esse correligionário, o vereador e empresário João Walace da Silva, não conseguiu viabilizar a candidatura e na corrida sucessória entrou em cena a vereadora Elisângela Albano – também aliada de George.


O fato é que o deputado não gostou da intromissão de Elisângela, já que havia prometido a João Walace a presidência do Legislativo assuense. Em represália a Elisângela, o parlamentar exonerou a filha da vereadora, Tuanne Luize Albano Cortez, que era lotada no gabinete de George no cargo em comissão de Auxiliar Político, conforme publicou o blog “Rabiscos do Samuel Júnior”.


Magoada com a atitude de George Soares em exonerar sua filha do cargo na Assembleia Legislativa (Tuanne, inclusive, só soube da defenestração por intermédio de colegas) a vereadora Elisângela Albano poderá mudar o curso político de George em 2022.

O desfecho dessa eleição da mesa pode ter um sabor amargo para o jovem deputado, que deverá assistir um não-aliado político assumir a presidência da Câmara e também ver fortalecida a pré-candidatura a deputado estadual de Elisângela Albano. Pelo menos ela prometeu ir para a disputa com no próximo ano.









36 visualizações0 comentário